BAIXE O E-BOOK GRÁTIS

CÂNCER- ULTRAPASSANDO BARREIRAS

Carmen Coimbra

XXIII- A Vida que Segue

Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

Depois de mais de 3 anos fazendo tratamento contra o câncer, minha vida e meu modo de pensar mudaram completamente.

Não posso negar, que aquela Carmen, que me acompanhava constantemente e me falava: "Eu posso tudo se me dedicar e correr atrás", transformou-se. Ficou arisca, receosa de enterrar queridos... Procura desapegar-se de fantasias, tenta não perder tempo com coisas fúteis, busca aproveitar a companhia de pessoas que se interessam, que escutam e ajudam na caminhada. Parou de querer modificar o impossível porque aprendeu que a vida passa rápido e o melhor é fazer o possível, rezar e deixar o resto por conta de Deus.

O tratamento do câncer me restringiu vários horizontes. Os piores foram que apresento pouca imunidade a contágio de doenças e tive de aprender a conviver com a dor.

O texol da quimioterapia que me deixou durante o tratamento em cadeira de rodas, também criou calos nos meus ossos, que se tornaram pequenos espinhos, que hoje machucam meus músculos e provocam dor constantemente. É uma dorzinha chata, permanente, que muda para aguda e me deixa de cama, quando tenho uma crise nervosa ou me excedo nos meus exercícios.

Isso tolhe meus movimentos.

Tenho de ter cuidado quando caminho. Só saio de casa acompanhada, geralmente de braços dados, porque de repente as pernas travam, me falta o equilíbrio e caiu.

Também adquiri diabete, engordei e meu fígado requer cuidados. Tomo injeções diárias e consumo remédios caros.

Mas a vida continua...  E o câncer ensinou-me nestes 3 anos a ter humildade. Aproveitar melhor a visita dos meus meninos casados.  Deixou-me mais próxima dos meus amigos. Concedeu-me mais tempo perto do meu marido e minha filha, que moram comigo, não me deixam sozinha e me paparicam todos os dias.

Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

No momento, encontro-me, no mesmo local onde início este depoimento, a praia de Curuatatuba. Estou nadando com um chapéu grande protegendo minha cabeça. Agora, meus cabelos quando molhados praticamente desaparecem e preciso proteger meu couro cabeludo se fico exposta ao sol. Não estou sozinha. Do meu lado, meu marido me acompanha e reclama pedindo pra eu sair do fundo e nadar para próximo da beira.

Da praia, ouço gritos de alegrias. Minha neta brinca na areia com os coleguinhas, vigiada de perto pelo pai. Na margem, dentro d’água ou sentados, os vizinhos e minha família estão misturados se divertindo.

Seguro a proa do barquinho que se aproxima e vende: petiscos, sucos, água mineral, refrigerantes e cervejas. Para chamar atenção, vem tocando alto suas canções.

Um misto de apreensão, mesclado com sentimento de perda, meche com minhas emoções e me faz voltar no tempo, enquanto escolho alguma coisa entre os vários saquinhos que contém: camarões cozidos, bananas fritas, amendoins, paçocas, biscoitos de castanha do pará, rebuçado de frutas, doces secos... Pensativa pego uma porção de castanhas de cajus assadas e quase automaticamente murmuro a música:

Todos os dias quando acordo / Não tenho mais / O tempo que passou
Mas tenho muito tempo / Temos todo o tempo do mundo

Todos os dias/ Antes de dormir/ Lembro e esqueço/ Como foi o dia
Sempre em frente / Não temos tempo a perder

Nosso suor sagrado/ É bem mais belo/ Que esse sangue amargo
E tão sério/ E selvagem! Selvagem! Selvagem!

Veja o sol/ Dessa manhã tão cinza

A tempestade que chega/ É da cor dos teus olhos/ Castanhos

Então me abraça forte/ E diz mais uma vez/ Que já estamos
Distantes de tudo/ Temos nosso próprio tempo
Temos nosso próprio tempo/ Temos nosso próprio tempo

Não tenho medo do escuro/ Mas deixe as luzes/ Acesas agora
O que foi escondido/ É o que se escondeu
E o que foi prometido/ Ninguém prometeu
Nem foi tempo perdido/ Somos tão jovens/ Tão jovens! Tão jovens!

Maria e Rita gostavam dos versos desta música... Isso me faz recordar por instante os corredores dos hospitais, e estremeço.

Mas, rapidamente, regresso ao meu próprio tempo. A minha volta, o Tapajós brilha com sua linda cor azul. Fito o rio e canto: “Todos os dias/ Antes de dormir/ Lembro e esqueço/ Como foi o dia/ Sempre em frente / Não temos tempo a perder.Persistente decido: hoje não vou temer as dores de ontem ou de amanhã, vou aproveitar cada minutinho, minha vida continua e o tempo não para... 

   Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

CLIQUE ABAIXO PARA VOLTAR AO INICIO

ULTRAPASSANDO BARREIRAS - CÂNCER

 

Talvez você goste de baixar estes e-books:

Receitas de Sopas

E-books de Receitas Culinárias

 

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!

QUER GANHAR 24 E-BOOKS GRÁTIS E CONCORRER A PRÊMIOS MENSAIS?

DIGITE E-MAIL, CLIQUE EM ENVIAR E RECEBA DE 15 EM 15 DIAS UM E-BOOK...

Livro "No Mundo das

Mulheres do Norte"

+

Frete Grátis = R$ 49,90

Clique Aqui!

Compre Agora!