XV- 2ª Quimioterapia Branca - Taxotene - 06/03/2014

Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

     Se eu tinha esperança da quimioterapia branca ser mais branda que a vermelha esta quimera terminou no quarto dia após a primeira injeção.

     Tentando diminuir meu tempo dentro do hospital, na véspera da minha segunda quimioterapia branca, retiro sangue  num laboratório perto do hotel para antecipar o resultado de meu hemograma. Pretendo daqui pra frente, ir direto para a sala de injeções do hospital já com o resultado do exame de sangue pronto. Evitarei assim uma espera de três horas, pois desejo retornar para o hotel antes de anoitecer.

     Dia da minha segunda quimioterapia branca aguardo o oncologista para consulta. Reclamo de minhas dores. Estou o tempo todo com sede, com o corpo queimando e garganta seca, o que me faz tomar litros e litros de água durante o dia todo, e também à noite. Isso me faz estar no sanitário de 15 em 15 minutos, e por mais de dez dias minha urina ficou como ácido, me assou por onde escorreu. O sangramento e dor de minha hemorroida não para. Minhas pernas estão fracas e trôpegas, pra completar encontro-me com dores nas juntas, ossos e músculos. O especialista avisa que não posso espaçar os dias das injeções. Diz que os efeitos colaterais variam de pessoa para pessoa. Os meus são fortes, mas o meu exame de sangue confirma condições físicas para continuar com o taxotene. Manda que eu procure minha ginecologista e um urologista. Sem opções, desço para a ala de quimioterapia.

Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

      Para minorar os efeitos da hemorroida interna, o urologista prescreve-me: Flavonid (diosmina + hesperidina) e pomada Xyloproct contra dor, Tilatil (tenoxicam) como anti-inflamatório e Tamarine como laxante. Para diminuir minha assadura intima a ginecologista receita para uso externo: uma pomada contra candidíase (Cetoconazol) e um antialérgico (Allegra).

     Ficar quatro horas recebendo um monte de drogas na veia, leva a gente para uma viagem. Ao final da quimioterapia estou meio zonza e já misturando um pouco da realidade com os pesadelos. O chato é que esses remédios têm me tirado o sono, e sem dormir os dias doloridos passam muito devagar.

      Volto para Santarém depois de permanecer seis horas dentro de um avião. Desta vez voei para São Paulo com minha filha. Ao sair no aeroporto, já são quatro horas da tarde e o céu encontra-se todo nublado, prometendo chuva. Meu marido resolveu fazer um churrasco pra mim na praia do Curuatatuba. Meu filho caçula veio me buscar no aeroporto e me leva direto pra lá, onde já encontro o resto da família com a comida quase pronta... Devido não poder pegar sol, desde outubro que não piso numa praia, e nadar no Tapajós então nem se fala... Fico de molho e flutuando por mais de uma hora... A água fria é revigorante... A extravagância vale a pena: a sensação eterna de quentura que sinto pelo corpo todo, passa. Neste meio tempo, esqueço até que estou tomando banho com um macaco breiado nos miolos... Aproveito cada minutinho, depois de tanto aflição, estes momentos parecem mágicos...

Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

CLIQUE ABAIXO PARA VOLTAR AO INICIO

ULTRAPASSANDO BARREIRAS - CÂNCER

 

Talvez você goste de baixar estes e-books:

Receitas de Sopas

E-books de Receitas Culinárias

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!

QUER GANHAR 24 E-BOOKS GRÁTIS E CONCORRER A PRÊMIOS MENSAIS?

DIGITE E-MAIL, CLIQUE EM ENVIAR E RECEBA DE 15 EM 15 DIAS UM E-BOOK...

Livro "No Mundo das

Mulheres do Norte"

+

Frete Grátis = R$ 49,90

Clique Aqui!

Compre Agora!