BAIXE O E-BOOK GRÁTIS

CÂNCER- ULTRAPASSANDO BARREIRAS

Carmen Coimbra

- Período de Recuperação da Radioterapia

Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

De 3 em 3 meses, viajo de Santarém para São Paulo, onde faço uma bateria de exames.

Isso deve durar 5 anos. Tempo que meu corpo vai teoricamente expelir a radiação e voltar a funcionar normalmente. Só então poderei me considerar uma sobrevivente de sorte. Pois é, quando a gente ultrapassa um câncer, chamam o resto da nossa vida de sobrevida. Além disso, pelo menos no meu caso, vou ter de ficar atenta a qualquer carocinho que resolver aparecer e me coçar.

Meu maior problema é que meus músculos estão demorando a se recuperar e toda semana preciso tomar um calmante e me auto inspecionar. Ficar deitada para identificar alguma dor e depois me olhar no espelho, me apalpar e ver se tenho algum nódulo.

Como o câncer que tive é raro, mata 60% e reaparece em 80%, e se reaparecer vira metástase em menos de 90 dias, tenho de ficar sempre atenta.

O tratamento contra o câncer me deixou com baixa imunidade, diabete e calos nos ossos que me dificultam andar, causam falta de equilíbrio e dores constantes nos quadris, coxas e pernas.

    Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

No meu check-up de janeiro de 2016, não consegui agendar todos os exames para dias próximos e permaneci 10 dias sem tomar remédios contra diabete (cloridrato de metformina) por causa de sua proibição quando se utiliza contraste.

Neste período, minha avaliação médica de rotina deu dentro da normalidade, com exceção da taxa de glicose que passou dos 400.

O aumento da glicose sempre provoca irritação nos meus olhos, entretanto apesar de consertar rapidamente meu nível de açúcar no sangue, minha dor na vista piorou.

Fui em vários oftalmologistas que constataram que eu apresentava úlcera aberta na córnea. Não consegui resolver o problema em São Paulo.

Fui aconselhada a procurar auxílio em Manaus, onde através de uma médica especialista em doenças tropicais, já passado mais de um mês com dores permanente e quase cega, fiz colheita e foi identificada a bactéria e fungo que me afligia.

Veredicto: minha antiga cirurgia contra miopia tinha estourado e deixado entrar bactérias. Meu sistema imunológico fraco não reagiu, penetraram outras e alguns fungos que estavam comendo minha córnea. Minha córnea encontrava-se cheia de buracos e bem fina.

Conclusão: para matar a bactéria iria usar um colírio monstruoso, que doeria horrores. Fiquei os 30 dias de março anestesiada. Vários colírios de 1 em 1 horas, 3 medicamentos pra dor, remédio pra dormir e lexotan de 8 em 8 horas pra me manter sonolenta e calma.

Indispensável: ficar longe de água: não entrar em rio, nem piscina, nem pensar em botar água perto dos olhos. Banho de gato, sem ducha, sem chuveiro. Todos os colírios possuíam cola. Meu olho esquerdo vivia grudado e escorrendo pus direto.

Tive de viajar para Manaus todas as semanas de abril. Mas as bactérias desapareceram final de abril, então continuei o tratamento oftalmológico combatendo os fungos com colírios mais brandos. Só depois de quase 90 dias, minha ulcera ocular fechou, parei de lagrimar e voltei a enxergar.

Hoje além de metformina tomo um remédio injetável contra diabete diariamente. Espero nunca mais passar por problema parecido.

Câncer Cancer Quimioterapia Radioterapia Biopsia Retirada de Fragmento Peroperatório Doença Carcinoma Metaplásico Carcinossarcoma Amazônia Celcoimbra Floresta Água do Norte Amazonia Amazonica Amazônica Amazon Livro Book Romance DEF

CLIQUE ABAIXO PARA VOLTAR AO INICIO

ULTRAPASSANDO BARREIRAS - CÂNCER

 

Compre um peixinho da Amazônia e salve uma árvore.

FAN DE PEIXE ORNAMENTAL

Conheça um pouco mais do "rei do aquário de água doce", o Acará Disco.

CLIQUE AQUI!

VENDA DE PEIXES ORNAMENTAIS DA AMAZÔNIA      ENGLISHSymphysodon discus - Wild Discus

Existem centenas de espécies e variações de peixes amazônico ornamentais.

Conheça algumas dessas espécies clicando em cima dos links:

 

Astronotus ocellatus - Acará-açu

Acarichthys heckelii - Acarazinho Requeu

 

Apistogramma (Gênero) - Acará Anão

Apistogramma agassizii

Apistogramma bitaeniata

Apistogramma eunotus

Apistogramma hippolytae

Apistogramma pertensis

Apistogramma taeniata

 

Biotodoma cupido - Acará Salema

Biotecus opercularis - Acará Saracá

Caquetaia spectabilis - Acará Pérola

 

Characiformes (Ordem)

Carnegiella (Gênero Peixe-borboleta)

Carnegiella marthae - Peixe-borboleta-prateada

Carnegiella schereri - Peixe-borboleta-de-pontos

Carnegiella strigata - Peixe-borboleta-listrada

Chalceus (Gênero) - Peixe Araripirá

Chalceus erythrurus - Peixe Rabo de Fogo

Chalceus macrolepidotus - Peixe Arari Vermelho

Copella arnoldi - Peixe Piratantã

Gnathocharax steindachneri - Tetra-aruanã

Hemigrammus bleheri - Rodostomus

Hemigrammus stictus - Tetra Stictus

Hemiodus gracilis - Cruzeiro-do-Sul

Heterocharax macrolepis - Tetra Violeta

Hyphessobrycon cachimbensis - Tetra Cachimbo

Hyphessobrycon copelandi - Tetra Pena

Hyphessobrycon eque - Tetra Mato Grosso

Hyphessobrycon pulchripinnis - Tetra Limão

Hyphessobrycon scutulatus - Tetra Ouro

Hyphessobrycon vilmae - Neon Chocolate

Leporinus fasciatu - Piau-flamengo

Nannostomus eque - Peixe-lápis Marrom

Nannostomus unifasciatus - Peixe-lápis 1 linha

Paracheirodon axelrodi - Tetra Cardinal

Paracheirodon innesi - Tetra Neon

 

Colomesus asellus - Baiacu Amazônico

 

Crenicichla (Gênero) - Jacundás

Crenicichla acutirostris - Jacundá Flamengo

Crenicichla johanna - Jacundá Olho de Fogo

Crenicichla lugubris - Jacundá Vermelho

Crenicichla macrophthalma  - Jacundá Olhudo

Crenicichla marmorata - Jacundá de Mármore

Crenicichla regani - Jacundá de Folha

Crenicichla stocki - Jacundá da Linha Branca

Crenicichla strigata - Jacunda Riscado

Crenicichla vittata - Jacundá Banana

 

Dicrossus maculatus - Xadrezinho

 

Geophagus (Gênero) - Chaperema

Geophagus altifrons - Chaperema Amarelo

Geophagus megasema - Chaperema Vermelho

Geophagus proximus - Chaperema Mancha de Olho

 

Heros (Gênero) - Acará Severo

Heros efasciatus - Acará Severo

Heros notatus - Acará Severo de Pontos

Heros severus - Acará Severo Peba

 

Laetacara curvicep - Acara curviceps

 

Loricariidae (Família) - Plecos

Baryancistrus sp. "L142" - Acari Bola Branca  "LDA 33"

Farlowella amazona - Peixe Galho

Hemiancistrus sabaji "L075" - Acari Tigre de Bola

Hemiancistrus snethlageae "L141" - Acari Aba Branca

Hypancistrus sp. "L260" - Acari Pão

Hypancistrus sp. "L262" - Acari Pão Pigmentado

Hypancistrus sp. "L333" - Acari Pão Alenquer

Hypancistrus zebra - Acari Zebra

Hypostomus soniai "L137" - Acari Violeta

Leporacanthicus joselimai "L264" - Acari Onça

Panaque armbrusteri "L027" - Acari Boi de Bota

Panaque sp "L271" - Acari Cara de Pão

Peckoltia compta "L134" - Acari Picota Ouro

Peckoltia vittata  "L015" - Acari Teoro

Pseudacanthicus sp. "L097" - AcarI Assacu

Pseudacanthicus sp. "L273" - Acari Red Titanic

Pseudacanthicus sp. "L273" - Acari Yellow Titanic

Pseudancistrus sp. "L259" - Acari Cara Chata

Scobinancistrus pariolispos "L133" - Acari Cotia

Spectracanthicus murinus - Acari Bicudo

 

Mesonauta festivus - Acará Festivo

Monocirrhus polyacanthus - Peixe Folha

Pterophyllum scalare - Acará Bandeira

Retroculus xinguensis - Acará Xinguensis

 

Satanoperca - Acará Porquinho

Satanoperca acuticeps - Acará 5 Pontos

Satanoperca jurupari - Acará Jurupari

Satanoperca lilith - Acará 3 Pontos

Satanoperca pappaterra - Acarazinho

 

Symphysodon aequifasciatus - Acará Disco

Symphysodon discus (Variedades) - Acará Disco

Symphysodon discus - BARRA MANSA

Symphysodon discus - BLUE FACE

Symphysodon discus - BROWN

Symphysodon discus - CUIPEUA

Symphysodon discus - CURUÁ

Symphysodon discus - GRAY GREEN

Symphysodon discus - HECKEL

Symphysodon discus - INANU

Symphysodon discus - LAGO GRANDE

Symphysodon discus - NHAMUNDÁ

Symphysodon discus - MIX

Symphysodon discus - ORANGE LAGO GRANDE

Symphysodon discus - ROYAL

Symphysodon discus - SEMIROYAL

Symphysodon discus - SOLID

 

Taeniacara candidi - Torpedinho

 Teleocichla proselytus - Jacundá da Pedra

Uaru amphiacanthoides - Acará Baru

Symphysodon discus - Wild Discus

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!