O gênero Uaru difere dos demais gêneros da Tribo Heroini Kullander, 1998 (Perciformes, Cichlidae) por apresentar de quinze a dezoito raios na nadadeira peitoral, nadadeira pélvica arredondada, mesetmóide não suturado ao vomer, comprimento do lacrimal menor que a sua altura, extensão da bexiga natatória sobre a região caudal da hemapófise 4 e poros sensoriais sobre os olhos altamente ramificados.

O gênero Uaru possui duas espécies conhecidas: Uaru amphiacanthoides Heckel, 1840 e Uaru fernandezyepezi Stawikowski, 1989.

O Uaru fernandezyepezi, chamado peixe uaru panda, vive na bacia do rio Orinoco e na bacia do rio Atabapo, não foi ainda encontrado na Amazônia brasileira.

O Uaru amphiacanthoides é uma espécie encontrada em vários rios da Amazônia brasileira, de maneira dispersa, em poucas quantidades, só forma cardume durante a piracema.

O Uaru apresenta o corpo robusto, oval, comprimido lateralmente. Seus olhos são grandes, alaranjados ou vermelhos. Suas   escamas mostram a cor cinza prateada que muda para marrom alaranjado próximo das barbatanas ventrais. Este peixe apresenta grande mancha castanho-escura em forma de triângulo nas laterais, que se estende das barbatanas peitorais ao início da cauda e também outra mancha escura na base da cauda.

Uaru amphiacanthoides

Uaru amphiacanthoides  Heckel, 1840

Segundo o FISHBASE:

Reino = Animalia ; Filo = Chordata ; Classe = Actinopterygii ; Ordem = Perciformes ; Família = Cichlidae ; Gênero = Uaru.

Países de Distribuição: Ámérica do Sul: bacia do rio Amazonas, ao longo da drenagem do rio Amazonas-Solimões, do rio Japurá ao rio Tapajós, e na bacia média e baixa do rio Negro.

Tamanho - Comprimento máximo: 25,0 cm.

Sinonimos: Uaru amphiacanthoides, Pomotis fasciatus, Uaru obscurum, Acara imperialis.

Nome vulgar do Uaru amphiacanthoides: Uaru, Acará bararuá, Bararuá, Chocolate cichlid, Keilfleckbuntbarsch, Triangle cichlid.

Referência: Kullander, S.O., 2003. Cichlidae (Cichlids). p. 605-654. In R.E. Reis, S.O. Kullander and C.J. Ferraris, Jr. (eds.) Checklist of the Freshwater Fishes of South and Central America. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasil.

Uaru amphiacanthoides

Referências:

Uaru amphiacanthoides

FISHBASE = https://www.fishbase.de/summary/Uaru-amphiacanthoides

INSTRUÇÃO NORMATIVA INTERMINISTERIAL N°1, DE 3 DE JANEIRO DE 2012. Diário Oficial da União – Seção I, Nº3, quarta-feira, 4 de janeiro de 2012, páginas 26 a 42 – ISSN 1677-7042 INI MPA-MMA (n01-2012 - Peixes Ornamentais Continentais.pdf)

Barriga, R. 1991 Peces de agua dulce del Ecuador. Revista de Informacion tecnico-cientifica, Quito, Ecuador, Politecnica, XVI(3):7-88

Baensch, H.A. and R. Riehl 1995 Aquarien Atlas. Band 4. Mergus Verlag GmbH, Verlag für Natur- und Heimtierkunde, Melle, Germany. 864p.

Buckup, P. A., & Santos, G. M. 2010. Ictiofauna da Ecorregião Xingu-Tapajós: fatos e perspectivas. Boletim da Sociedade Brasileira de Ictiologia, 98, 3-9.

Camargo, M., Giarrizzo, T., & Carvalho Júnior, J. 2005. Levantamento ecológico rápido da fauna ictica de tributários do Médio-baixo Tapajós e Curuá. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, 1(2), 213-231

ICMBIO Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Levantamento da Ictiofauna, Caracterização Genética e da Fauna Parasitária da bacia hidrográfica do rio Tapajós. 2011

Fernández-Yépez, A. 1969. Contribucion al conocimiento de los cichlidos. Evências, 22: 1-16.

Kullander, S. O. 1986. Cichlid fishes of the Amazon River drainage of Peru. Swedish Museum of Natural History. Stockholm, Naturhistoriska Riksmuseet, 431p.

Kullander, S. O. 1998. A phylogeny and classification of the South American Cichlidae (Teleostei: Perciformes). Pp. 461-498. In: L. R. Malabarba, R. E. Reis, R. P. Vari, Z. M. S. Lucena & C. A. S. Lucena (Eds.). Phylogeny and classification of Neotropical fishes. Porto Alegre, Edipucrs, 603p.

Kullander, S. O. 2003. Family Cichlidae (Cichlids). Pp. 605-654. In: R. E. Reis, S. O. Kullander & C. J. Ferraris, Jr. (Eds.). Check list of the freshwater fishes of South and Central America. Porto Alegre, Edipucrs, 729p.

Riehl, R. and H.A. Baensch, 1991. Aquarien Atlas. Band. 1. Melle: Mergus, Verlag für Natur-und Heimtierkunde, Germany.

Uaru amphiacanthoides

Sale of Wild Ornamental Fish from the Amazon

Floresta Água do Norte – Celcoimbra – ORNAMENTAL FISH - Carmen Coimbra

E C LOBATO COIMBRA - FAN DE PEIXE ORNAMENTAL

Venda de Peixes Ornamentais Selvagens da Amazônia

https://www.florestaaguadonorte.com.br/peixes-ornamentais-da-amazonia/

florestaaguadonorte@gmail.com

AMAZÔNIA - FLORESTA ÁGUA DO NORTE - FAN

#celcoimbra #carmencoimbra #fandepeixeornamental #florestaaguadonorte  #fish #ornamentalfish

 #elinorcoimbra #eclobatocoimbra #franciscocoimbra  #Perciformes #Cichlidae #Uarufernandezyepezi  #Uaru #Uaruamphiacanthoides    

Uaru amphiacanthoides

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!