Chave de Identificação do Jacundá Olhudo - Crenicichla macrophthalma

Crenicichla macrophthalma - Ploeg, A. 1991.

1. Nenhuma faixa longitudinal preta maciça ao longo dos lados; nenhuma faixa preta muito visível acima da linha lateral posterior ............. 2

2. Escamas de linhas laterais com cores diferentes das escamas adjacentes .............................................................................................................. 3

3. Alcance no número de séries de escamas abaixo das linhas laterais 72,3 - 76,7; variação no número de guelras branquiais 12,0 - 12,8 .............................................................. Crenicichla macroftalmia Heckel, 1840

GRUPO LACUSTRIS

A espécie Crenicichla macrophthalma faz parte do grupo lacustris, cujos peixes atingem um tamanho moderado geralmente até 160 mm SL, máximo 222 mm SL (C. polysticia).

Embora a maioria das espécies tenha um corpo mais elegante, a C. jupiaensis e C. haroldoi possuem corpos mais robustos, como as espécies do grupo reticulata.

Todos os membros do grupo não têm o ponto humeral.

Geralmente, uma faixa suborbital está presente.

Manchas vermelhas no peito e dorsal estão presentes em várias espécies.

Os números de escamas são moderados para estas espécies de Crenicichla (variam em séries de escamas abaixo das linhas laterais: 53,4 - 76,7), como todos os outros caracteres.

As faixas morfométricas e merísticas são baseadas em limites ou médias de confiança de 95% e não são valores absolutos.

Crenicichla macrophthalma  Heckel, 1840

Segundo o FISHBASE:

Reino = Animalia ; Filo = Chordata ; Classe = Actinopterygii; Ordem = Perciformes ; Família = Cichlidae ; Gênero = Crenicichla

Países de Distribuição: América do Sul: bacia do rio Amazonas, nas bacias do Negro, Uatumã, Tapajós, Xingu e Trombetas.

Tamanho - Comprimento máximo: 20,0 cm

Nome vulgar do Crenicichla macrophthalma: joana-gensa, peixe-sabão, joaninha, jacundá (Brasil); Pike-cichlid (EUA)

Referências:

FISHBASE = https://www.fishbase.de/summary/Crenicichla-macrophthalma

INSTRUÇÃO NORMATIVA INTERMINISTERIAL N°1, DE 3 DE JANEIRO DE 2012. Diário Oficial da União – Seção I, Nº3, quarta-feira, 4 de janeiro de 2012, páginas 26 a 42 – ISSN 1677-7042 INI MPA-MMA (n01-2012 - Peixes Ornamentais Continentais.pdf)

Kullander, S.O., 2003. Cichlidae (Cichlids). p. 605-654. In R.E. Reis, S.O. Kullander and C.J. Ferraris, Jr. (eds.) Checklist of the Freshwater Fishes of South and Central America. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasil.

Ohara, W. M., Lima, F. C. T., Salvador, G. N., Andrade, M. C. 2017. Peixes do rio Teles Pires: Diversidade e Guia de Identificação. Goiânia: Gráfica e Editora Amazonas, 2017. 404p.

Ploeg, A. 1991. Revision of the South American cichlid genus Crenicichla Heckel, 1840 with descriptions of fifteen new species and considerations on species groups, phylogeny and biogeography (Pisces, Perciformes, Cichlidae). Akademisch Proefschrift, Universiteit van Amsterdam, 152p.

Queiroz, L. J.; Vilara, G. T.; Ohara, W. M.; Pires, T. H. S.; Zuanon, J.; Doria, C. R. C. Peixes do Rio Madeira. São Paulo. Vol.3. 2013.

Floresta Água do Norte – Celcoimbra – ORNAMENTAL FISH - Carmen Coimbra

E C LOBATO COIMBRA - FAN DE PEIXE ORNAMENTAL

Venda de Peixes Ornamentais Selvagens da Amazônia

http://www.florestaaguadonorte.com.br/peixes-ornamentais-da-amazonia/

florestaaguadonorte@gmail.com

#celcoimbra #carmencoimbra #fandepeixeornamental #florestaaguadonorte  #fish #ornamentalfish

 #elinorcoimbra #eclobatocoimbra #franciscocoimbra  #jacundá  #crenicichla #pikecichlid #cichlid #pikecichlids

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!