O acará disco Brown ou Marrom é uma variedade muito comum e, portanto, a mais barata. São peixes pequenos, chegam a 12cm de tamanho, e basicamente possuem o corpo marrom-amarelado e cabeça com estrias azuladas, sendo que sua nadadeira dorsal pode variar na coloração entre vermelho, laranja, preto e azul.

Os acarás discos selvagens são peixes que vivem em pequenos cardumes. Separam-se em casais apenas na época da reprodução, normalmente, entre os meses de janeiro e fevereiro. Na natureza, em tempo de piracema, os acarás discos ficam agressivos, magros e feios. Protegem os ovos e nutrem os filhotes com o muco do próprio corpo. É comum encontra-los aos pares nos tocos dos arbustos das matas alagadas. Neste período, se forem capturados, terminam por adoecer e dificilmente se recuperam. Então, durante a reprodução dos discos selvagens, eles não são molestados pelos pescadores. Em fevereiro a água dos rios já subiu bastante, e os discos e suas crias somem na floresta inundada. Por isso, a safra de captura de disco se dá somente na época da seca, entre os meses de agosto a dezembro.

Na natureza, os acarás discos podem apresentar olhos vermelhos, amarelos ou pretos. Eles podem mostrar o contorno da face arredondado ou bicudo. Podem apresentar-se com o corpo liso, ou com o corpo cheio de estrias azuladas ou esbranquiçadas. A cor do corpo pode ser amarela, alaranjada, castanha, cinzenta ou azulada. A nadadeira dorsal pode variar na coloração entre vermelho, laranja, preto e azul. As cores da pele do acará disco pode ser modificada ou intensificada de acordo com o corante acrescentado na ração de que se alimenta.

O valor do acará disco aumenta se ele tiver olhos vermelhos e não apresentar bico. Alguns vendedores ao tirarem fotografias escondem com os dedos a boca do acará disco para disfarçar a imperfeição do bico.

Caso o peixe se encontre estressado, ele escurece as suas 9 listas verticais e também escurece o corpo e se retrai. Quando você for escolher um acará disco para comprar, prefira o que vier ao seu encontro. Ele provavelmente é jovem, simpático, adaptado a vida do aquário e está a lhe pedir comida.

Quando um pescador captura um lote de acarás discos selvagens, normalmente armazena dentro d’água em caixas de 200 peixes, dentre os quais ele descartará apenas os marcados por mordidas, os de olhos grandes e os adoentados. Neste lote provavelmente, apenas 20 acarás se apresentarão de olhos vermelhos, sem bico e com o corpo cheio de estrias - royal. Então, a não ser que esteja adquirindo os peixes para matriz, o melhor será comprar um pequeno cardume de 6 a 10 acarás mais simples.

Diferente das fazendas de criação, onde casais de acarás de olhos vermelhos são formados para produzirem crias semelhantes, e caso não dê certo, o criador pode cremar os filhotes e refazer o processo, as empresas que compram peixes capturados vivos, dependem da natureza e não podem descartar os peixes comprados. Esse é o motivo de existir uma grande variação no preço dos acarás discos selvagens, mas independentemente de sua classificação rara ou mais simples, os discos selvagens são animais dóceis, lindos e fáceis de criar, desde que sejam mantidos em água com temperatura alta e em pequenos cardumes, pois são animais de clima quente, gregários e ficam triste quando sozinhos.

Na empresa FAN DE PEIXE ORNAMENTAL, os peixes selvagens, depois de receberem tratamento veterinário, são colocados em aquários comunitários que possuem água ciclada. Durante o período de quarentena, a esta água é adicionado extrato de babosa e folhas de castanholeiras. O suco de babosa, além de acalmar os peixes, tem ação cicatrizante. A folha de castanholeira faz a água ficar amarelada, mas serve como fungicida natural. No período de quarentena, os peixes aprendem a se alimentar com ração de engorda sem corante. Nas lojas, os acarás discos  receberão corantes que em poucos dias os transformarão em animais vibrantes, belíssimos. Sua beleza pode se transformar em diversa tonalidade, algumas escuras, outras mais claras, dependendo da variedade do betacaroteno ou alga corantes da alimentação, ou do colorido na iluminação do aquário.

 

Floresta Água do Norte – Celcoimbra – FAN DE PEIXE ORNAMENTAL - Carmen Coimbra

Venda de Peixes Ornamentais Selvagens da Amazônia

florestaaguadonorte@gmail.com

#wild #diskus #diskusfish #diskusfisch #diskusfische #symphysodondiscus  #symphysodon

#celcoimbra #carmencoimbra #fandepeixeornamental #florestaaguadonorte  #fish #ornamentalfish

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!

QUER GANHAR 24 E-BOOKS GRÁTIS E CONCORRER A PRÊMIOS MENSAIS?

DIGITE E-MAIL, CLIQUE EM ENVIAR E RECEBA DE 15 EM 15 DIAS UM E-BOOK...

Livro "No Mundo das

Mulheres do Norte"

+

Frete Grátis = R$ 49,90

Clique Aqui!

Compre Agora!