O cupuaçuzeiro é uma planta originária da Amazônia, muito encontrada em estado silvestre, quando pode viver até 80 anos e alcançar mais de 30m de altura.

No norte, este vegetal é multiplicado por enxertia de borbulhia ou garfagem e por sementes.

 

 A planta jovem requer sombreamento parcial e a adulta sombreamento relativo, podendo ser cultivada em sub-bosque ou em sistemas de cultivos consorciados.

 

Esta árvore tem crescimento rápido, ramificação abundante, onde as folhas jovens são de cor rosa e revestidas de pêlos e as folhas desenvolvidas apresentam tonalidade verde-escura.

 

A flor do cupuaçu é pequena, de cor creme e púrpura, e polinizada por pequenas abelhas nativas, sem ferrão. Nesta planta há necessidade de polinização cruzada, onde o pólen da flor de uma árvore deve ser levado para flor de outra árvore, pois polinização entre flores da uma mesma árvore não produzem fecundação ou fruto.

 

Os frutos sofrem maturação entre 4 a 5 meses,  quando maduros caem ao solo e devem ser recolhidos diariamente. Permanecendo em temperatura ambiente ficam em condições satisfatórias para consumo ou beneficiamento por uma semana.

 

O fruto maduro apresenta cor marrom, casca dura, lenhosa e quebrável. Sua polpa fica amarela ou esbranquiçada e depreende da casca com facilidade. Ela reverte cerca de 30 a 40 sementes e tem sabor acido e cheiro agradável.

 

As variedades mais conhecidas do cupuaçuzeiro são: cupuaçu - redondo (frutos menores arredondados); cupuaçu - mamona (frutos alongados, maiores, com casca bem grossa e mais pesados) e cupuaçu mamau - de massa (fruto arredondado sem sementes).

 

A casca do cupuaçu representa cerca de 50% de seu peso, sendo o restante 30% de polpa e 20% de sementes.

 

O beneficiamento ou retirada da polpa é feito via manual com tesoura ou por máquina despolpadora.

 

A polpa do cupuaçu é utilizada para sucos, doces, sorvetes, cremes, tortas, biscoitos, bolos, etc.

 

Sua semente produz um chocolate claro de boa qualidade (cupolate).

 

A casca do fruto é usada como adubo orgânico ou ração animal.

 

STERCULIACEAE  - Theobroma grandiflorum

 

CUPUAÇU – CUPU - CUPUAÇUZEIRO

 

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!

QUER GANHAR 24 E-BOOKS GRÁTIS E CONCORRER A PRÊMIOS MENSAIS?

DIGITE E-MAIL, CLIQUE EM ENVIAR E RECEBA DE 15 EM 15 DIAS UM E-BOOK...

Livro "No Mundo das

Mulheres do Norte"

+

Frete Grátis = R$ 49,90

Clique Aqui!

Compre Agora!