O socozinho é uma bela ave aquática, que possui hábito solitário, sendo muito encontrado em estado selvagem na região Amazônica, vivendo em áreas próximas a rios e lagos.

     O socoí tem rotina diurna, é migratório, alimenta-se de repteis, peixes, anfíbios, insetos e moluscos.

     Suas principais características físicas são:

     ·Mede cerca de 36 cm.

     ·Possui no alto da cabeça capuz e topete negro.

     ·O pescoço e o corpo é coberto de penas azuis acinzentadas.

     ·O peito possui estrias cor de ferrugem.

     ·O dorso é tomado de listras marrons.

     ·O bico é longo e escuro.

     ·Possui pernas curtas, com pés e dedos amarelos, que durante a reprodução ficam avermelhados.

     ·Seu andar é agachado, de passos largos que usa para fugir dos inimigos ou alcançar uma presa. É comum observá-lo na posição horizontal, esticando pescoço e cabeça.

     ·As íris dos olhos são amarelas, porém durante a nidificação mudam a cor para vermelho.

     ·O macho e a fêmea de socoí têm aparência semelhante, sem dismorfismo sexual.

     Na Amazônia, durante a época de reprodução os socoís fazem seu ninho separado das demais aves; dificilmente participam de colônias.  O casal constrói o ninho de gravetos na copa de árvore próxima a cursos d’água. A fêmea coloca de 2 a 3 ovos esverdeados ou brancos. Os pais se revezam nos cuidados com a prole. Os ovos são chocados por cerca de 26 dias. Os filhotes são nidícolas: nascem cegos e sem penas e permanecem no ninho aproximadamente 28 dias. O casal cuida das crias, enquanto estão no ninho e até aprenderem a voar e pescar.

     O socozinho faz voos solitários, vagarosos, quando mantém o pescoço encolhido e as pernas esticadas.

     Este animal dorme com a cabeça voltada para frente, esconde o bico nas plumas do peito e demonstra gostar dos dias chuvosos e sombreados.

      Seu comportamento, durante a pesca, é ficar imóvel por longos períodos nas margens d‘água, à espera da refeição.

ARDEIDAE - Butorides striatus

     Nidícolas: filhotes que nascem nus e incapazes de se alimentar sozinhos

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!

QUER GANHAR 24 E-BOOKS GRÁTIS E CONCORRER A PRÊMIOS MENSAIS?

DIGITE E-MAIL, CLIQUE EM ENVIAR E RECEBA DE 15 EM 15 DIAS UM E-BOOK...

Livro "No Mundo das

Mulheres do Norte"

+

Frete Grátis = R$ 49,90

Clique Aqui!

Compre Agora!