A andorinha pequena de casa é um elegante pássaro muito encontrado em estado selvagem pela região Amazônica, vivendo em áreas próximas a campos, mangues, rios, lagos, em ambiente de floresta ou de cidade.

     Esta ave tem hábito diurno e migratório.

     Alimenta-se basicamente de insetos, que caça no ar, durante o voo.

     Suas principais características físicas são:

     ·Mede cerca de 13 cm.

     ·O bico é curto e preto.

     ·O corpo é fusiforme.

     ·As asas são pretas, longas e pontiagudas.

     ·As pernas são curtas, os pés e dedos são pretos.

     ·A parte superior do corpo é da cor azul metálica, quase negra.

     ·A cauda é negra na parte dorsal, sendo que na região inferior segue negra só até a altura da cloaca.

     ·A divisão das cores azul e branca do corpo deste pássaro é bem nítida, não apresentando manchas brancas na região escura e nem manchas escuras na região branca, sendo essa sua principal característica de diferenciação das outras andorinhas.

     ·O macho e a fêmea de andorinha têm aparência semelhante, sem dismorfismo sexual.

     Na época do acasalamento, o casal constrói o ninho em forma de taça com lama e palha em locais abrigados como as cavidades de barrancos, pedra ou mesmo em edificações. Este ninho vai ser reutilizado pelo casal diversos anos. Depois de forrar o ninho com penas, a fêmea coloca de 2 a 4 ovos brancos. Os ovos são chocados pela fêmea, que durante este período é alimentada pelo macho. Os pais se revezam nos cuidados e nutrição da prole. Os filhotes são nidícolas: nascem cegos e sem penas. O casal cuida das crias enquanto estão no ninho e aprendem a voar.

     Na Amazônia, as andorinhas passam a maior parte do dia voando e caçando, parando somente poucos minutos para descansar ou quando está chovendo, sendo que utilizam os buracos dos barrancos ou das rochas tanto para nidificar, como para se abrigar ao anoitecer.

     Na cidade é comum ver essa ave descansando sobre a fiação elétrica.

     Durante a época de revoadas de cupins e formigas estes pássaros formam bandos para se alimentar destes insetos quando alados.

HIRUNDINIDAE  - Pygochelidon cyanoleuca

     Nidícolas: filhotes que nascem nus e incapazes de se alimentar sozinhos.

CLIQUE AQUI! COMPRE NOSSO E-BOOK!
VENDA DISPONÍVEL NA AMAZON.COM
COLEÇÃO: AMAZÔNIA, O MUNDO DAS MULHERES DO NORTE

WAWATU DA AMAZÔNIA 

 

      Na Amazônia, do século XIX, devido à cobiça pela borracha, Wawatu, cunhatã do clã Aruak, tem sua aldeia dizimada por brancos. Apesar de ser forçada a viajar para um local desconhecido, casar-se com guerreiro de origem Karib e sofrer com as diferenças de costumes de seus familiares, ela se apaixona.

MAIS DE 100 PÁGINAS DE PURA EMOÇÃO!

QUER GANHAR 24 E-BOOKS GRÁTIS E CONCORRER A PRÊMIOS MENSAIS?

DIGITE E-MAIL, CLIQUE EM ENVIAR E RECEBA DE 15 EM 15 DIAS UM E-BOOK...

Livro "No Mundo das

Mulheres do Norte"

+

Frete Grátis = R$ 49,90

Clique Aqui!

Compre Agora!